RFID permite rastreamento da bagagem durante todo o voo

rastreio-bagagem-rfid

Este sistema que revoluciona o modelo de rastreamento da bagagens cargas que vigora na indústria desde a década de 1990, está em implantação pela Delta Air Lines.

A evolução tecnológica está permitindo formas mais seguras e precisas para o rastreamento das bagagens no transporte aéreo de passageiros. A norte-americana Delta Air Lines está implantando, de forma inédita, o RFID (Identificação por Frequência de Rádio, em tradução livre da sigla em inglês), um sistema que permite o acompanhamento da bagagem, em toda a experiência da viagem, em tempo real.

O modelo revoluciona o sistema vigente na indústria aérea desde a década de 1990, feito por meio de códigos de barras. Um chip é colocado na etiqueta da bagagem. Os dados contidos nele são captados por scanners, que usam ondas de rádio para transmissão das informações, aprimorando o controle depois que as malas são despachadas.

O serviço estará disponível até o final deste ano. Depois que estiver em pleno funcionamento, os clientes poderão acompanhar todo o percurso das suas malas através de notificações feitas por meio do aplicativo móvel Fly Delta.

Além disso, a leitura em tempo real dos chips reduzirá o risco de erros no embarque das bagagens. Isso porque o sistema dará um alerta sempre que uma mala estiver sendo carregada no avião errado. Foram investidos US$ 50 milhões na tecnologia e infraestrutura para operacionalização do sistema, como aquisição de scanners, impressoras de etiquetas que permitem a implantação do chip e leitores. ​

Por DeFato Online.