RFID é a chave para o sucesso de entrega por Drone

drone-ups

Como um drone supostamente verifica se está descartando uma entrega no endereço correto ?

 drone-entrega-google

Com todas as notícias sobre o novo mundo de entregas de aviões não tripulados, uma das perguntas chave é: como o drone sabe com certeza se está na casa certa?

O carteiro e o motorista de entregas, ocasionalmente entrega o correio (ou pacote) para uma cassa errada, certo? Mas como o drone consegue entender se sua entrega ou até mesmo um pedido de pizza está sendo entregue no destino correto?

Os drones utilizarão um sistema de GPS para se aproximar do local correto, mas o GPS nem sempre é segurança suficiente para que o endereço de destino seja alcançado e nem mesmo para garantir que o pacote será entregue na casa correta, principalmente em locais onde existam muitas casas por vizinhança.

Alguns pensam que as câmeras possam ser a resposta para esta incógnita mecânica, porém ler o endereço de uma casa em meio a outras residências pode ser um problema, mesmo à luz do dia. Então poderia uma câmera drone identificar uma casa, comparando a sua imagem com o aplicativo do Google Street View? Algumas vezes talvez, mas o Google atualiza apenas as imagens ocasionalmente, por exemplo, depois que um proprietário alterou a cor da tinta de branco para marrom.

A provável melhor resposta, diz a cientista da computação Lydia Ray da Universidade do Estado de Columbus [Geórgia], é um sistema baseado em RFID. Ray apresentou recentemente a ideia que ela chamou de ADDSMART (Digitização de Endereços e Caixa de Correio Inteligente), na IEEE (Ubiquitous Computing, Eletronics and Mobile Communication Conference) em Nova York.

A ideia é muito simples, diz Ray. Drones no futuro terão um leitor de RFID, e a casa uma etiqueta RFID (talvez anexado a uma caixa de correio) que identifica exclusivamente essa casa. Isso pareceria prático e lógico o suficiente. O drone usaria o GPS para navegar perto de um endereço e depois confirmaria que o endereço está correto, verificando a tag RFID.

Mas Ray imagina uma abordagem ainda mais sofisticada.

Por exemplo, um sistema equipado com leitor de RFID “seguro” cujos possuidores – como uma empresa de entrega – poderiam passar por uma casa ou abrir a caixa de correio sem obstáculos. Em vez de um sistema de vigilância em casa continuamente verificar intrusos, uma câmera de vídeo poderia economizar energia, começando a gravar apenas quando um veículo não reconhecido ou pessoa passar a caixa de correio. A caixa de correio também pode desbloquear automaticamente quando os usuários autorizados – como um proprietário ou portador de correio – chegam.

Na visão de Ray o RFID pode transformar inclusive a maneira que reagimos à ações de nosso cotidiano, vamos aguardar para descobrir o que o futuro tecnológico nos proporcionará.

g_drone

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

-Texto adaptado de: http://www.scdigest.com/ONTARGET/16-11-28-2.PHP?cid=11594&ctype=content –

Matéria Original – Nov. 28, 2016 – SCDigest Editoral Staff

 

 

 

 

 

 

 

 

E você ? acha que tudo isso realmente é possível ?