Rock in Rio 2017 utilizará Pulseiras RFID como ingresso

O Rock in Rio 2017 adotou uma nova tecnologia de ingressos; Pulseiras “RFID” que tem informações de quem comprou, além de substituir o convencional ingresso do Festival.

Desde o anúncio da tecnologia, muitas pessoas ainda não tiveram contato com a pulseira, seja via imagens ou pessoalmente, uma vez que, as pulseiras só serão entregues ao primeiros compradores de ingresso do Rock in Rio Card a partir de Março.

Rock in Rio 2017

Imagem: Reprodução. Esta é a pulseira que substitui os ingressos para o Rock in Rio 2017.

Na imagem acima, é possível identificar que a pulseira tem um lacre (imagem: Lacre em branco) – e isso é o detalhe mais importante que você precisa saber até agora.

Este lacre se auto-ajusta no braço do usuário, fazendo com que ele só seja retido com uma tesoura ou qualquer objeto que o faça romper. Caso você receba sua pulseira e tente colocá-la no braço antes do evento, e consequentemente tenha sucesso nisto, você perde o ingresso, uma vez que, a portaria do Rock in Rio não aceitará nenhum lacre rompido.

Registrando suas informações no site do Rock in Rio 2017

Ao receber sua pulseira, é a hora de registrá-la. Isso deve ser feito através de um aplicativo, ou no site do Rock in Rio 2017. Conseguimos algumas imagens da última edição do Rock in Rio USA, mas não conseguimos acessar o sistema para troca.

1
Imagem: Rock in Rio USA – Sistema para adicionar as informações à pulseira do Rock in Rio 2017.

Como alternativa ao site, provavelmente será disponibilizado um aplicativo para registrar sua pulseira. O mesmo foi feito durante o Rock in Rio USA.

Rock in Rio 2017

Imagem: Rock in Rio USA – Aplicativo também tornará disponível registrar pulseira via smartphones e tablets.

Como será o ‘check-in’ na nova Cidade do Rock?

O chip RFID tem um código único. Ao registrar suas informações no site do Rock in Rio, e ao passar a pulseira na portaria, o sistema vai se encarregar de identificar se sua pulseira é válida ou não. É como se fosse um passe para andar de ônibus; você passa na roleta, e gasta uma passagem.

Com o RFID da pulseira, você vai até a portaria e a portaria vai identificar o número único de sua pulseira, identificando que você está no evento e que tem um ingresso para entrar.

Rock in Rio 2017

Imagem: Reprodução My Zone Media – Sistema de RFID vai ser usado para entrar no Rock in Rio.

Agora que já esclarecemos algumas das principais dúvidas sobra sua pulseira do Rock in Rio 2017, nos vemos na Nova Cidade do Rock em Setembro.

Rock in Rio 2017

Imagem: Rock in Rio

Devemos lembrar que algumas informações podem não entrar em conformidade com o tutorial oficial que deve ser disponibilizado pelo Rock in Rio. As informações aqui utilizadas, foram tiradas do Rock in Rio USA, que começou a utilizar pulseiras RFID na edição de 2015.

 

Matéria Adaptada de: TecStudio

IoT está sendo implementada nos Jogos Olímpicos Rio 2016

IoT-2016-OlympicsInternet das Coisas (IoT ou Internet of Things, em inglês) monitora performance de atletas olímpicos brasileiros.

A Internet das Coisas está sendo utilizada nas Olimpíadas Rio 2016. A equipe olímpica de canoagem está tendo a performance monitorada por sensores instalados nos equipamentos e nos próprios atletas pela GE. Os dados são coletados e analisados em ferramenta de Big Data, contou o secretário municipal de Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro, Franklin Coelho, durante a solenidade de abertura do Rio Info, realizada no dia 04 de julho.

Os pesquisadores da GE, para conseguirem aferir resultados olímpicos, tiveram de adaptar a linguagem que os treinadores utilizavam nos treinos para uma que fosse compreendida pelo sistema. Eles chegaram, inclusive, a acompanhar os treinos de dentro das embarcações, para compreender as principais necessidades da equipe. A inspiração para analisar a frequência das remadas no sistema veio de um algoritmo usado em equipamentos de eletrocardiograma.

De acordo ainda com o secretário, a cidade do Rio está ativando mais uma nave do conhecimento, a Nave Cidade Olímpica, que une esportes, ciência e tecnologia e internet das coisas.  Iniciativa é considerada um legado dos jogos Rio 2016 para a cidade. “As naves do conhecimento são a nossa ferramenta junto aos jovens. Elas ficam muito próximas da Inovação e despertam o interesse em Tecnologia”, completa.

Via Convergência Digital.

RFID Blog fará cobertura do RFID Journal LIVE! Brasil 2015

 

Saiba como a sua empresa pode se beneficiar da RFID
Inscrições Abertas

As empresas líderes do mundo estão usando a identificação por radiofrequência em implantações de larga escala para aumentar a eficiência, ter visibilidade, reduzir furtos e atingir benefí­cios significativos nos negócios. O RFID Journal LIVE! Brasil ajudarão¡ as empresas brasileiras que estão pensando em usar a tecnologia RFID a enfrentar os desafios reais dos negócios, determinar a a melhor tecnologia RFID para as suas necessidades, aprender as melhores práticas dos usuários pioneiros, encontrar o melhor parceiro tecnológico e seguir em frente.

As apresentações no LIVE! Brasil destacarão os benefícios concretos que empresas têm com a RFID. Os participantes do evento ouvirão palestrantes dessas empresas líderes discutir suas novas aplicações para a tecnologia, os benefícios que atingiram e como superar os desafios da implantação. E mais: conhecerão desde pioneiros na utilização a especialistas e fornecedores de soluções RFID.

Veja alguns exemplos de sessões:

• A adoção de RFID no Brasil
• A RFID aumenta movimento e vendas de loja esportiva
• Brascol usa RFID para melhorar controle de inventário
• Como as soluções RFID levam a novos benefícios nos negócios
• A RFID na extração de petróleo da Petrobrás: passado, presente e futuro
• Como alcançar o verdadeiro valor de negócios com a RFID – Por que você deve agir agora
• A RFID aumenta a produtividade em fábrica de caminhões
• A RFID reduz os custos e os riscos em operações portuárias

Assista a apresentações de líderes da indústria como:

Antonio Almeida
Luiz Costa
Carlos Ohde
Marcos Honda
Dr. Regiane Relva Romano
FGV, FIA, UNIFIEO
Carlos Teixeira
Além disso, conheça os fundamentos do RFID

Este workshop irá explicar os fundamentos dos vários tipos de sistemas RFID, o ambiente regulatório em que a RFID opera e outras informações essenciais para as empresas entenderem a tecnologia antes de implantá-la.

Inscreva-se com antecedência para ter desconto de R$ 400 sobre o valor normal. Para ter máxima economia, use o código promocional BATP. Visite site do evento:www.rfidjournalevents.com/brasil/portuguese/

Patrocinador Principal:

HP

Patrocinador Prata:

HID

Patrocinador Prata:

RFID Blog

Patrocinador da Associacao:

RainRFID

Conecte-se com a Comunidade RFID   
Inscreva-se com antecedência para economizar R$ 400—use o código promocional BAYP para obter o desconto.

 

CES 2015: Máquina de café Bonaverde equipada com RFID, faz um café super fresco!

BONAVERDE-Kaffeemaschine-1Bonaverde é uma nova marca de café em Berlim. Vimos sua nova máquina de café na CES 2015. Essa máquina torra, mói e prepara um café rapidinho, te dando um copo de café super fresco toda hora. Para usar a máquina, compre o café em grãos, não torrado, no Bonaverde, coloque na máquina de torrar na parte de cima do aparelho e digitalize o Tag RFID incluído. A máquina irá torrar, moer e preparar seu café automaticamente usando o método de gotejamento “chuva”, semelhante ao da fabricação de cerveja. O dispositivo não deixa que os grãos torrados fiquem mais que 24-48 horas após a torrefação, pois poderia causar perda de sabor.

Quando está torrando, o filtro de ar da máquina se certifica que fumaça e óleos não serão liberados para sua casa ou apartamento, te livrando de uma visita indesejada do Corpo de Bombeiros.

Quando comprar um café em grãos do Bonaverde, você receberá também uma Tag RFID. Passe a tag na frente da máquina de café antes de torrar e sua máquina irá receber as informações de como torrar seus grãos. Isto é bom para quem aprecia um café casualmente, mas os entusiastas do café ficarão desapontados por não poderem customizar seus cafés e ter que comprar todo café diretamente do Bonaverde.

O Café Bonaverde é parceiro de vários fazendeiros de café ao redor do mundo, assim você saberá exatamente de onde o seu café está vindo. Isto também significa que os produtores de café recebem mais lucros do que receberia se um torrador de grande escala comprasse seus grãos.

A máquina Bonaverde será lançado neste verão europeu e pode ser pré-encomendado por € 400 (valor de referência no fabricante, cerca de US $ 476).

Fonte: Macgasm (em Inglês)

A Internet das Coisas e o potencial para a RFID

RFID-RAINA RFID (Identificação por Rádio-frequência) foi inventada sete décadas atrás, no entanto, 23% de todas as tags RFID já vendidas, foram vendidas em 2013. Em 2014, mais 1,12 bilhões de tags RFID serão vendidas em relação ao número total de tags vendidos em 2013. A RFID tem sido experimentada e testada extensivamente e agora está em modo de adoção rápida em muitas indústrias, para muitas aplicações e estão sendo implementados de maneira dinâmica enquanto a capacidade de alta performance versus custo de sistema se prova recompensadora.

Essa convergência se deve ao rápido crescimento do interesse na Internet das Coisas, com nós de rede de base IP, muitas vezes com sensores. A Internet das Coisas (IoT) é excitante para muitas das maiores empresas de eletrônicos de consumo do mundo que procuram maximizar os componentes eletrônicos que os consumidores carregam, fornecendo recursos e serviços valiosos.

A tecnologia RFID vai desempenhar um papel importante – a saber, abordando a maior oportunidade de volume onde o preço da tag é importante. É por isso que as empresas como o Google estão envolvidos em utilizar RFID no desenvolvimento de lentes de contato de detecção de glucose.

“Com mais de 10 bilhões de etiquetas RFID RAIN em circulação este ano, e 100 bilhões de etiquetas, até 2020, a coleta de dados para a Internet das coisas já está em pleno andamento”, disse Steve Halliday, presidente da RAIN. “As últimas versões de tags da RAIN são capazes de incluir a criptografia e a capacidade de interagir diretamente com sensores, o que levará a ainda mais implementações da IoT usando RFID.”

O evento IDTechEx “Internet of Things Applications”, que aconteceu nos dias 19 e 20 de novembro no Centro de Convenções de Santa Clara, na Califórnia, abordou as oportunidades para a Internet das Coisas, incluindo o papel que o RFID vai representar, com uma sessão dedicada a RFID eorganizado pela RAIN Alliance. O evento tem o objetivo de investigar verticais de mercado específicas e avalia novas tecnologias com falantes como a AT & T, Adidas, Bayer Healthcare, Belkin, Dolby, GE, Google, Intel, Osram, Samsung e muitos mais.

Por Raghu Das em Energy Harvesting Journal.