Tecnologia de rastreamento aumenta a produtividade de joalherias

fa-jewellery-26071

Cingapura – Os joalheiros estão aprovando a tecnologia que permite que seus funcionários sejam mais produtivos e reduzam os altos níveis de estresse causados pelo longo tempo que costumavam gastar para localizar itens perdidos de alto valor.

Cerca de 15 joalheiros locais estão usando a tecnologia RFID (Radio Frequency Identification), que reduz o tempo para rastrear e encontrar artigos perdidos ou roubados e também o tempo que os funcionários gastam para controlar o estoque.

Jan Ho, diretora executiva da Ngee Soon Jewellery, um dos primeiros adotantes da tecnologia, disse: “Hoje, leva menos de uma hora para localizar itens perdidos, em comparação com um dia inteiro antes do sistema RFID ser implementado.

“Os funcionários também estão menos preocupados com a localização de itens de jóias perdidas, que costumavam causar alto estresse. Isso libera mais tempo para o engajamento do cliente e a venda de produtos”.

A tecnologia usa tags com chips incorporados que podem ser detectados por um scanner. Ele vem com um programa de software que contabiliza a jóia, verificando os itens em relação ao número total abastecido pela loja. Com o sistema, é preciso apenas uma pessoa para realizar ações, um trabalho que costumava levar dois funcionários para fazê-lo à mão.

A tecnologia RFID tornou-se mais acessível nos últimos anos, com o preço de um sistema caindo até 80%, de mais de US $ 100.000 quando foi lançado pela primeira vez em 2004.

Isso torna a implementação desta tecnologia cada vez mais rentável para pequenas e médias empresas.

O primeiro ministro de Estado do Comércio e Indústria, Sim Ann, disse: “A implementação desta tecnologia pode ajudar as empresas a garantir o aumento geral da produtividade e melhorar o ambiente de trabalho para os funcionários”.

O Sr. Teo Kian Yeong, diretor-gerente da Boon Lay Gems, disse em mandarim: “Será muito útil cortar a quantidade de tempo desperdiçado – tínhamos que passar de três a quatro horas todos os dias apenas fazendo um balanço. Com a tecnologia RFID, isso pode ser eliminado “.

Lee Hwa diretor Ko Lee Meng disse que com a tecnologia, sua equipe “poderia ir para casa mais cedo”.

Matéria original: http: Straitstimes

Sensor que pode ser utilizado para detectar explosivos usando RFID

RFID-inline-ft-660x512

Detectar explosivos é, obviamente, uma tarefa importante — mas muitos dos sensores são grandes e precisam de operação manual. Então o novo minúsculo sensor RFID da GE pode ajudar a automatizar o processo, para ajudar a nos manter seguros sem muito esforço.

Desenvolvido em colaboração com o Grupo de Trabalho de Suporte Técnico (TSWG)— uma força-tarefa dedicada a anti-terrorismo— o dispositivo recaracteriza tags RFID como sensores, aplicando um material sensitivo na superfície. A GE não revela exatamente o que ocorre, meramente explicando que desenvolveu “um material sensitivo que responde a explosivos e oxidantes”.

O que quer que seja, ela diz que é “bem sensível para esse tipo de detecção”. Como resultado, se espera que sensores sejam colocados em contêineres e aeroportos para detectar explosivos nas proximidades — até 3,6 metros, de acordo com a GE— funcionando por meses sem precisar de substituição. Em teoria custando centavos para produzir em lotes, eles poderiam ser literalmente espalhados em ambientes de risco.

É esperado que detectores similares logo serão feitos para detectar matéria biológica como esporos e bactérias, também. Então enquanto eles nos salvam de bombas, também poderiam salvar nossas vidas de outra maneira a longo prazo.

Fonte: Gizmodo (inglês)

Estudo Estima que Mercado de Tags RFID terá Crescimento de 22,4% Anualmente pelos Próximos 3 Anos

rtEntre os anos de 2013 e 2018, analistas de um estudo feito pela ReportsnReports.com estimam que o mercado de fonte de tags RFID vai crescer a um índice de aproximadamente 22,4%. Um aumento no número de aplicações de identificação por rádiofrequência que surgiu nos últimos anos em diversos segmentos finais como os da indústria, saúde, varejo e transporte levou ao crescimento do mercado de tags RFID. Dispositivos que armazenam informações/dados desse tipo são chamados de tags RFID. Tais tags são tipicamente usados para rastreamento ou identificação de objetos. As informações que são coletadas através desse tags são transmitidas.

Honeywell International, NXP Semiconductors, Alien Technology e Impinj são listadas no estudo como principais membros do mercado de tags RFID entre 2014-2018.

Tendências chave no mercado de tags RFID são a adoção de GDS por fabricantes e distribuidores e adoção global do padrão EPCglobal. Uma tendência de preço nesse mercado é a aquisição de RFID. De acordo com o produto, o mercado pode ser segmentado em tags, softwares & serviços e leitores RFID. Os principais fornecedores de tags de rádiofrequência estão continuamente investindo na adoção do EPCglobal como framework regulamentatório durante a fabricação de seus dispositivos. A adoção do GDS por fabricantes e distribuidores é uma tendência nova no mercado. Entretanto, considerações tecnológicas são um grande desafio para o crescimento do mercado.

Resultados encontrados no estudo cobrem o período entre 2014-2018. O estudo é estruturado com base no cenário atual assim como as prospecções de crescimento no mercado de tags RFID. A estrutura de preços incluindo custos de entrada, segmentação de mercado baseada em geografia e produto, assim como a demanda global por tags RFID são consideradas ao gerar dados para o estudo. Fornecedores chave de tags RFID são categorizados para calcular o tamanho do mercado e determinar lucros.

Especialistas da indústria foram considerados para gerar informação sobre o crescimento do mercado até 2018. Uma análise estratégica foi proposta determinando os fatores chave que influenciam como a aquisição nesse mercado funciona de acordo com a rede de demandas. Empresas importantes no mercado, forças e fraquezas de empresas, tendências, desafios e oportunidades ou ameaças encontrados pelos vendedores também são considerados para a análise do estudo.

Fonte: RFID World (em inglês)